114_Solidão - Pausas e vírgulas

Pausas e vírgulas
Parou?...Parou por quê?
Quem, eu..? Imagina...
Vírgula !
Pausas e vírgulas
Ir para o conteúdo
LITERATURA > 2_Poesia > 2b_Tatiane > 2023 > 3b.9_Setembro_23
LITERATURA > Poesias
05/09/2023
Tatiane Sancho
Meus Poemas, para sonhar e realizar

* * * * * *
Solidão
Solidão a dois
É solidão dobrada.
Estrada com espinhos,
Caminhos duvidosos.
Sozinha nesse espaço eu me vejo,
O espelho me devolve a tristeza.
Meus pedaços vão ficando pelo caminho,
Minha pele vai mudando,
Me transformo com as dobras.
Fico mais forte a cada dia,
E as marcas são vitórias.
Sucesso em cada tombo levantado,
Conquistas internas.
A solidão já não me incomoda tanto.
Serve como lembrete para resgatar
Meu ser amoroso comigo mesma.

* * * * * *

La imagen es del sitio pixabay
* * * * * *
Tema musical
Alone in Silence - Sozinho em Silêncio
Música e imagen son del sitio pixabay
* * * * * *m
Para oir este poema en la dule voz de
Tatiane clique > AQUI <

* * * * * *
Pausas e vírgulas

Contato
pausasevirgulas@gmail.com
Voltar para o conteúdo